I Encontro Nacional: Perspectivas de apoio institucional às Escolas de Saúde Pública

Brasília, 5 e 6 de novembro de 2019. Orientados tanto pela premissa constitucional de que o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável por ordenar a formação de seus profissionais, quanto pelas diretrizes contidas na Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS), o Centro de Estudos e Pesquisas em Saúde Coletiva da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (CEPESC/UERJ), o Departamento de Gestão da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (DEGES/MS) e a Organização Pan-Americana da Saúde promoveram o I Encontro Nacional para debater as perspectivas de apoio institucional às Escolas de Saúde Pública do Brasil.

As 19 Escolas de Saúde Pública mapeadas no Brasil representam um importante papel na configuração da PNEPS, constituindo-se como um lócus privilegiado para a formação dos trabalhadores de nível superior do SUS. Nesse contexto, e considerando as atribuições do DEGES/MS que incluem, dentre outras, a busca pela integração dos setores de saúde e educação para o fortalecimento das instituições formadoras no interesse do SUS, faz-se importante e necessário o acompanhamento e o apoio institucional à estas instituições como mais uma estratégia para promover a transformação da educação das profissões da saúde. Por meio do apoio institucional, busca-se fortalecer a capacidade de gestão das instituições, na perspectiva da descentralização da gestão e da autonomia e subsidiar o desenvolvimento institucional e seus processos políticos, gerenciais e pedagógicos, com vistas a qualificar a sua atuação e seu valor social.

O objetivo deste primeiro encontro foi apresentar e discutir o referencial e as possibilidades de apoio institucional às Escolas de Saúde Pública, tendo em vista as necessidades identificadas no diagnóstico preliminar realizado pelo CEPESC/UERJ, por intermédio de uma Carta Acordo (LOA) firmada com o DEGES/MS e a OPAS. Além disso, o evento também serviu para pactuar uma agenda de trabalho que contemplasse uma proposta coletiva de apoio institucional a partir dos encontros subsequentes e visitas técnicas previstas às Escolas de Saúde Pública por dentro do projeto aprovado na LOA. 

Agenda

Apresentações

 

Compartir esta publicación

Sobre el Observatorio

El Observatorio de Recursos Humanos de Salud es una red regional de gobiernos, instituciones académicas, de servicio y organizaciones sociales, promovida por la Organización Panamericana de la Salud, para la generación, análisis, acceso e intercambio de información, conocimientos y experiencias que respalda la toma de decisiones y la formulación e implementación de políticas públicas, en respuesta a prioridades nacionales y a las metas regionales de recursos humanos en salud.